JOGO RÁPIDO DA SEMANA: Uma breve entrevista com Dario Miconi e Christian Miconi (Vlad In Tears) – Entrevista abril 2020


Escrito por Marko Jakob
traduzido por Michele Pereira


Pix666: Primeiramente, agradeço a disponibilidade de tempo de vocês. Como os dois estão enfrentando este momento e a atual situação em especial?

Dario: Ok, muito obrigado pela entrevista, e estou ciente da situação, estou acompanhando todo tipo de notícia, checando-as na internet, ouvindo o rádio e assistindo notícias na TV.
A situação é ruim, e tudo está bloqueado, mas eu sinto que tenho muita sorte comparando a minha situação, eu posso permanecer em casa e seguro, enquanto muitas outras pessoas, não têm um teto, por exemplo, e elas estão realmente expostas e isso me deixa muito infeliz e eu estou tentando dar o máximo de apoio possível quanto a isso.

Christian: Olá! O prazer é meu, eu estou bem, (considerando isso) Estou 100% focado na minha música e criação, são as únicas coisas que me mantém “normal” sem enlouquecer, eu tento não ficar sobrecarregado com toda essa tristeza e desespero que está ocorrendo há meses até agora. Estou tentando dar o meu melhor para animar as pessoas de alguma forma, sendo e mantendo-me de certa forma positivo, mas, às vezes, isso não é fácil…, mas temos que tentar.


Pix666: Nem todos da banda que vivem em Berlim. Como estão os outros integrantes da banda na Itália e como estão os amigos e familiares de vocês?

Dario: Isso é muito gentil da sua parte, minha família está bem eles vivem no campo , Alessio e Alex estão bem, mas na Itália há um bloqueio total, e ficar em casa 24 horas não é fácil, mas como eu havia dito antes, nós não temos do que reclamar, pois há muitas pessoas que precisam lidar com o vírus todos os dias.

Christian: Todos eles estão “bem”, estão vivos e saudáveis, o que honestamente me deixa muito grato e feliz, ainda estou preocupado com os meus pais, mesmo tendo a certeza de que eles estão fazendo todo o possível para ter cuidado e segurança, nós conversamos uns com os outros todos os dias, também para acompanhar e nos sentirmos mais próximos. Mal posso esperar para encontrá-los novamente.


Pix666: Como vocês mantém contato com eles, quais os meios que vocês usam?

Dario: Nós conversamos todos os dias, usamos o WhatsApp, nós temos um grupo de família e banda para as conversas. É uma maneira rápida e fácil para nos comunicar e conversar.

Christian: Utilizamos todas as tecnologias disponíveis pela nossa sociedade moderna (graças a Deus, essa é uma das poucas vezes em que posso me sentir realmente feliz com as mídias sociais e as tecnologias) como o Facebook, as ligações via telefone normal, as videochamadas etc.


Pix666: Quando vocês não podem tocar na frente das pessoas, vocês devem pensar fora da caixa. Vocês foram uma das primeiras bandas a realizar um concerto via streaming. Como foi a reação dos fãs, realmente foi divertido e se vocês realmente ficaram bêbados depois da apresentação?

Dario: Ahahaha, você deveria saber por que, afinal você participou do jogo que fizemos naquela apresentação.
É uma ideia do Chris, e sim, foi muito divertido.
É claro que nós estamos tristes, porque, tudo foi transferido para o outono de 2020, espero que possamos tocar, mas é claro, nós temos que pensar nas diferentes maneiras de entrar em contato com nossos fãs, eles são incríveis, e a reação deles foi super legal.

Christian: Bem, sim, tem sido muito divertido! Para nós, como banda e artistas, é vital manter esse contato com nossos fãs, é a melhor maneira de nos sentirmos próximos deles, e mostrarmos a eles que enquanto estivermos vivos, teremos de encontrar forças para sorrir e agradecer, e é claro curtindo arte, música e nós mesmos…e a propósito, o jogo da bebida era simplesmente uma desculpa e, no final nós alcançamos 10 mil pessoas naquele dia! Tudo correu bem, não foi?



Pix666: Em fevereiro, vocês lançaram seu último álbum “Dead Stories Of Forsaken Lovers”. Depois de lançar um novo álbum, um músico mal pode esperar para tocar as músicas ao vivo. Como vocês se sentem agora que precisam esperar por um longo período para tocá-las ao vivo?

Dario: Muito ruim para ser honesto, mal podemos esperar para subir no palco e estamos esperando o dia o para podermos voltar novamente e, como você sabe, somos super produtivos, na verdade o Chris está trabalhando em um novo material, para 2021, mas isso ele mesmo pode te contar mais, né Chris?

Christian: Bem…você pode imaginar, parecia morrer no começo e depois novamente, há uma morte real e atual ao nosso redor que parece superior as coisas menos importantes como tocar ao vivo… Então, no final, queremos nos concentrar em permanecer saudáveis e tocando, nos preparando pelo virá no futuro e sempre manteremos contato com nossos fãs todos os dias, lembrando que estaremos lá o mais rápido possível! Enquanto isso, eles podem apreciar a nossa música em casa.


Pix666: Vocês estão prontos para escrever novas canções?

Dario: Sim, mas como eu disse, o Chris pode explicar melhor que eu sobre isso ahaha.

Christian: Oh sim, eu comecei trabalhar em novas ideias a cerca de duas semanas, e posso dizer que as novidades vão surpreender vocês! Minha ideia é levar a banda a um nível mais alto, mais sombrio, mais rock, e, obviamente atingir um público maior.


Pix666: Que tipo de coisas vocês estão fazendo agora, que normalmente não teriam tanto tempo para realizá-las? Existe algo específico como vídeo game ou caminhadas?

Dario: Ahahaha, sim, eu tenho feito limpeza no meu apartamento, jogado PlayStation, leio e escuto músicas novas para ter alguma inspiração, Netflix, estou assistindo Suits agora, é ótimo.

Christian: Sim, além de escrever as novas músicas eu tenho meu plano de sobrevivência na quarentena bem definido, onde inclui, uma grande coleção de jogos do meu Ps4, Xbox, séries de TV na Amazon Prime e Netflix, e antes de ir dormir, eu tenho uma ótima coleção dos autores que eu gosto Edgard Allan Poe, HP Lovecraft e Stephen King.


Pix666: O que vocês acham as consequências a longo prazo dessa crise no cenário econômico, musical e no modo como as pessoas interagem?

Dario: Ok, é isso que eu penso: Essa crise colocou o mundo inteiro diante de uma mudança; não me interpretem mal, mas vejo essa mudança como uma chance real de tornar nossa vida ainda melhor do que antes. Como eu disse, é triste ver que em 2020 as pessoas ainda estão morrendo de algo assim, mas podemos realmente aprender esta lição e aprender com ela.
Nossa intenção agora é melhorar um com o outro, ajudar e apoiar um ao outro não apenas agora, mas tornar-se o modo de vida para entender onde será necessário se concentrar em um futuro próximo, mas espero que toda a terrível situação seja resolvido o mais rápido possível; Enquanto isso, precisamos reavaliar nosso estilo de vida e focar em quem amamos e no que queremos ser o próximo.

A indústria da música está passando por um momento muito difícil, fechando clubes, concertos e festivais cancelados; não será fácil e nem todos sobreviverão a essa crise global, mas vejo muitas atividades de arrecadação de fundos para apoiar organizadores, clubes a permanecerem abertos e se ativarem novamente o mais rápido possível.
As bandas maiores que ajudam as bandas menores não podem sobreviver sem sair em turnê, ou as bandas / artistas ajudados pelos fãs a vender suas coisas e obter fundos.
Isso é simplesmente FANTÁSTICO e tenho certeza de que o negócio da música também será diferente assim que tudo voltar ao normal.

Christian: A pandemia causou a maior recessão global da história, com mais de um terço da população mundial atualmente presa.
O desemprego está subindo rapidamente, enquanto os gestores de políticas públicas de todos os países correm para implementar medidas fiscais e monetárias, tentando aliviar o ônus financeiro para os cidadãos e apoiar as economias sob forte estresse.

Eu acho que as coisas levarão muito tempo para “curar” e provavelmente a dinâmica nunca voltará como estavam … é claro que o negócio da música já sofreu a crise mais de uma vez na história, será muito difícil as coisas voltarem a funcionar. , mas quero permanecer positivo e continuar acreditando, olhando novamente para o mundo que se eleva e me preparo para fazer minha parte da melhor maneira possível … E talvez tenha que encontrar outro emprego para sobreviver …


Pix666: Muito obrigado por reservarem um tempo. Obrigado pelas respostas interessantes. Nos encontraremos em breve, cuidem-se!!

Dario: Obrigado a vocês, vocês estão sempre perto de nós e de muitos artistas, respeito por vocês e por quem quer que faça isso. Fiquem bem e “Stay Vlad”, estaremos de volta em breve.

Christian: Muito obrigada a vocês, desejo tudo de bom, saúde, mantenha-se forte e “Stay Vlad”


https://www.facebook.com/vladintearsofficial/

fotos © Vlad In Tears